Cartas do exílio – O Estado de S. Paulo, junho/2006

  “O livro Cartas do Exílio, que a editora Albatroz faz chegar às livrarias, reúne a correspondência de Júlio de Mesquita Filho 1892-1969) com sua mulher Marina, correligionários, filhos, e também artigos que publicou em jornais e revistas da época no Brasil, Europa e Argentina, durante os dois exílios no período dos anos 30 e … Mais Cartas do exílio – O Estado de S. Paulo, junho/2006

Cartas do exílio – Observatório da imprensa, junho/2006

“”Diz um antigo provérbio etíope que a vergonha só pode existir onde há honra. Em muitas das cartas escritas durante o exílio do jornalista Júlio de Mesquita Filho (1892-1969) nos anos 30 e 40 do século passado, a insistente defesa desse conceito aristotélico também é feita com endereço certo: ambas as palavras, vergonha e honra, … Mais Cartas do exílio – Observatório da imprensa, junho/2006