Arquivo da categoria: Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Nuvem de livros (Recomendações), julho de 2015

Nuvem de Livros - julho2015

Confira aqui a recomendação na Nuvem de Livros

E veja aqui mais informações sobre o livro

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Canal do professor Samir Lahoud, 3 de abril de 2015

calunia

Videocast do professor Samir: A Guerra do Paraguai foi um dos mais violentos conflitos ocorridos na América do Sul, responsável pela morte de dezenas de milhares de brasileiros e de 90% dos homens paraguaios com mais de sete anos e de 50% das mulheres e crianças desse país.

Elisa Lynch, uma linda, glamurosa e poderosa irlandesa que levou ao Paraguai costumes europeus relacionados à dança, à música, ao vestuário, à culinária e ao que diz respeito à emancipação da mulher, teve papel central no conflito ao lado de seu companheiro, o ditador Solano Lópes, com quem teve sete filhos. Amada pelo povo mais simples e por ele chamada de “rainha do Paraguai”, era odiada principalmente pela elite, que se referia a ela como “uma prostituta maquiavélica, que teria seduzido e roubado magnatas franceses, ingleses e russos antes de enfeitiçar o futuro ditador paraguaio, a quem teria incitado a provocar a guerra com seus vizinhos Brasil, Argentina e Uruguai.

Neste livro, os também irlandeses Michael Lillis e Ronan Fanning dão conta desses e de outros enigmas que envolvem essa figura histórica tão controversa. Eles se reuniram a outros estudiosos da Guerra do Paraguai num seminário de duas semanas sobre Elisa, em Assunção, em 2001, e a partir daí pesquisaram fontes originais por toda a América Latina, Europa e Estados Unidos e tiveram acesso exclusivo a documentos e fotos de família até agora inéditos.

Calúnia apresenta, ainda, a primeira publicação em português de Declaração – Protesto que faz Elisa Lynch, panfleto em que ataca seus inimigos, escrito por Elisa com informações negadas na época mas confirmadas pela extensa pesquisa desta biografia. Esse documento, escrito depois da morte de seu companheiro, revelou uma mulher de estonteante beleza e extraordinária determinação que foi caluniada, como ela própria conta.

Assista aqui ao vídeo na íntegra

E veja aqui mais informações sobre o livro

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Folha de S. Paulo, novembro/2009

 

“A irlandesa Elisa Lynch foi uma prostituta ambiciosa e manipuladora que incitou o ditador paraguaio Francisco Solano López a iniciar o conflito mais sangrento da história da América Latina, a Guerra do Paraguai. Pelo menos essa é a versão que ficou para a história, amplamente divulgada pelos periódicos brasileiros da época e que dirou até hoje.”

Leia mais aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Irish Migration Studies in Latin America

“This historical non-fiction biography includes historical maps, illustrations and the extremely difficult to find (and never before published in translation) Exposición y Protesta, a short book first published separately, now out of print and difficult to find even in Paraguay. Exposition and Protest is written by the protagonist herself, Eliza Lynch. In Lillis and Fanning,Exposition and Protest is included as an appendix (41 pages in English translation).”

Leia mais aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Cronópios, janeiro/2010

 

“Sem dúvida alguma, um dos fatos históricos decisivos para o Brasil e a América do Sul foi a Guerra do Paraguai. Fato ainda pouco comentado, estudado e refletido com pertinência pelos cidadãos tupiniquins. Em Calúnia: Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai (Michael Lillis e Ronan Fanning, Tradução do Inglês por Marisa Paro, Tradução do Espanhol de Declaração – Protesto que faz Elisa A. Lynch – por Silvana Cobucci Leite, Editora Terceiro Nome, São Paulo, SP, 2009, 312 Páginas”

Leia mais aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Publishnews, setembro/2009

 

“Na próxima terça-feira, dia 29, uma mesa redonda vai marcar o lançamento no Brasil do livro de Michael Lillis e Ronan Fanning, Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai(Terceiro Nome, 312 pp. R$ 48). O título, que terá lançamento simultâneo em inglês (Gill & Macmillan), espanhol (Grupo Santillana) e português (Terceiro Nome), resgata a história de Elisa, declarada, em 1961, heroína nacional do Paraguai. Resgata também a Guerra do Paraguai, o mais violento conflito da História da América do Sul, responsável pela morte de dezenas de milhares de brasileiros e pela morte de 90% dos homens paraguaios com mais de sete anos e de 50% das mulheres e crianças do país”

Leia mais aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai

Calúnia – Revista de História, março/2010

 

“A bela companheira do ditador paraguaio Francisco Solano López, a irlandesa Elisa Lynch (1833-1886), tem sido caluniada pela História. Classificada como uma prostituta calculista pelos irmãos de López e pela elite hispânica de Assunção, ela foi acusada de ter incitado o líder a iniciar a Guerra do Paraguai (1864-1870). O representante diplomático dos Estados Unidos, William Washburn, em livro publicado em 1871, o diretor do principal jornal de Buenos Aires, La Tribuna, Hector Varela, e caricaturas na imprensa do Rio de Janeiro faziam essa acusação. Uma pesquisa nos arquivos da polícia francesa e nos registros dos meios de comunicação da época mostra que estas foram invenções infundadas de seus inimigos.”

Leia mais aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Calúnia – Elisa Lynch e a Guerra do Paraguai