Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC – Justificando/ Carta Capital – 10 de julho de 2018

  “Para escrever seu primeiro livro, Junto e Misturado: Uma Etnografia do PCC, Karina Biondi se valeu de uma posição bastante peculiar nas penitenciárias: a de antropóloga e esposa de esposa de detento. Seis anos depois, seu marido foi inocentado, mas Biondi continuou sua pesquisa. Agora, lança É Proibido Roubar na Quebrada: Território, Hierarquia e Lei no PCC, resultado de … Mais Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC – Justificando/ Carta Capital – 10 de julho de 2018

Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC – Radio Cultura – 10 de julho de 2018

“A antropóloga Karina Biondi, autora de “Junto e misturado: uma etnografia do PCC”, considerado o Melhor Livro do Ano pela Associação para Antropologia Legal e Política/Associação Antropológica Americana em 2017, lança “Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC”. As obras conduzem o leitor ao universo pouco conhecido do Primeiro Comando da Capital … Mais Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC – Radio Cultura – 10 de julho de 2018

O Capa-Branca – de funcionário a paciente de um dos maiores hospitais psiquiátricos do Brasil – Portal da Prefeitura de Franco da Rocha – 24 de maio de 2018

“A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Franco da Rocha convida a população para a palestra do ex-funcionário do hospital psiquiátrico Juquery, Walter Farias. A história de Walter resultou no livro “O Capa Branca”, escrito pelo jornalista Daniel Navarro, que também estará na atividade. Após anos cuidando de pessoas, o auxiliar de enfermagem tornou-se … Mais O Capa-Branca – de funcionário a paciente de um dos maiores hospitais psiquiátricos do Brasil – Portal da Prefeitura de Franco da Rocha – 24 de maio de 2018

Cadeias dominadas – A Fundação CASA, suas dinâmicas e as trajetórias de jovens internos – Revista de Antropologia da UFSCar – 16 de agosto de 2017

“O livro de Fábio Mallart é uma joia etnográfica quando se trata dos ricos e incontáveis registros visuais e escritos que o autor fez a partir de suas experiências diárias, como educadorcultural, ministrando oficinas de fotografia aos jovens internos da Fundação CASA. A partir desses registros, Mallart nos conta sobre as lógicas de funcionamento da antiga FEBEM … Mais Cadeias dominadas – A Fundação CASA, suas dinâmicas e as trajetórias de jovens internos – Revista de Antropologia da UFSCar – 16 de agosto de 2017

A flecha do ciúme – o parentesco e seu avesso segundo os Aweti do Alto Xingu – Biblioteca Digital de Periodicos/UFPR – 29 de março de 2017.

” O livro de Marina Vanzolini trilha o caminho dos avessos para nos contar sobre o complexo multiétnico e multilíngue do Alto Xingu, que se assenta no Brasil Central, zona de transição entre a vegetação amazônica e o cerrado brasileiro. Localizado na parte sul do Parque Indígena do Xingu (PIX), extremo alto da bacia hidrográfica, o … Mais A flecha do ciúme – o parentesco e seu avesso segundo os Aweti do Alto Xingu – Biblioteca Digital de Periodicos/UFPR – 29 de março de 2017.

Paisagens Ameríndias: lugares, circuitos e modos de vida na Amazônia – Biblioteca Digital de Periódicos/UFPR – 30 de outubro de 2015

“Paisagens Ameríndias: Lugares, Circuitos e Modos de Vida na Amazônia”, organizado por Marta Amoroso e Gilton Mendes é resultado de um “Programa de Cooperação Acadêmica” entre os departamentos de Antropologia da Universidade Federal do Amazonas e a Universidade de São Paulo. “Paisagens Ameríndias” tem uma marca própria, apresenta abordagens inovadoras para temas clássicos, novos modos … Mais Paisagens Ameríndias: lugares, circuitos e modos de vida na Amazônia – Biblioteca Digital de Periódicos/UFPR – 30 de outubro de 2015

As folhas do cedro – Folha de São Paulo/Ilustrada – 1 de abril de 2018

“Aos 50 anos e completando 30 de carreira, o dramaturfo paulistano Samir Yazbek prepara a celebração para o segundo semestre. Mas não quer olhar para trás. Autor de peças premiadads como “As Folhas do Cedro”, encenada em 2010, ele se vê numa virada e nao quer saber de retrospectiva, mas dos novos textos que vem … Mais As folhas do cedro – Folha de São Paulo/Ilustrada – 1 de abril de 2018

Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC – The Brazilian Report – 9 de junho de 2018

“The First Command of the Capital (PCC) was born on October 31, 1993. The organization, which would later become Brazil’s largest criminal empire, was created inside a penitentiary in Taubaté, a city close to São Paulo, by eight inmates. Their goal was to denounce what they saw as “oppression” by the prison system. They also wanted to … Mais Proibido roubar na quebrada: território, hierarquia e lei no PCC – The Brazilian Report – 9 de junho de 2018