O Capa-Branca – blog Jovem Literário, 4 de abril de 2016

capa_-_o_capa-branca_-_baixa_resolu_o

RESENHA CRÍTICA: O Capa-Branca – Walter Farias e Daniel Navarro Sonim

Recentemente estiveram em minha Universidade os autores Walter Farias​ e Daniel Navarro Sonim​ para a aula magna dos cursos de Psicologia e Enfermagem, os autores promoveram um debate com os alunos sobre a realidade que Walter enfrentou em sua trajetória desde funcionário a paciente do Juquery, um dos maiores hospitais psiquiátricos do Brasil, conforme o debate ocorria o meu interesse pela história só aumentava, ao mesmo tempo em que meu assombro quanto a realidade que eles estavam me passando também povoava minha mente, resolvi então que teria de ler este livro e conhecer a fundo os detalhes desta história, portanto hoje lhes apresento a resenha do livro O Capa-Branca​!

O Capa-branca é uma biografia que narra em 1ª pessoa a história de Walter Farias e toda a sua trajetória desde funcionário a paciente do Juquery, um dos maiores hospitais psiquiátricos do Brasil.
Walter Farias aos seus 19 anos concorre a uma das 800 vagas disponíveis para trabalhar como Atendente de Enfermagem no Hospital Psiquiátrico de Franca da Rocha através do concurso público, sua trajetória começa ao encontrar seu nome entre os 100 primeiros colocados, a partir dai passa pelo exame psicológico e médico, logo em seguida seu treinamento começa.
Logo de início se depara a uma realidade bem difícil para se lidar, cuidar de pacientes que são taxados de ‘loucos’ por terem alguns transtornos psíquicos ou muitas vezes por serem as ‘sobras’ da sociedade, ‘loucos’, drogados, alcoólatras e mendigos todos ali jogados para a ‘limpeza’ das ruas, todos amontoados em situações deploráveis, em meio a suas necessidades fisiológicas, nus, roupas em frangalhos, alheios ao que se passa lá fora.
Walter presencia toda essa situação e este meio em que pacientes eram submetidos, mas além desta realidade que já impacta ainda há os ‘tratamentos’ aos quais submetiam os pacientes, entre eles destacam-se o coma insulínico e o eletrochoque, a tudo isto Walter é inserido em seu treinamento e dai em diante a linha entre a loucura e a razão começa a ficar cada vez mais complicada, tênue e até mesmo artificial.
O Capa-Branca é um livro impactante, uma história real pincelada com tantas verdades que até então me eram alheias, um relato de um homem que batalhou contra um sistema em plena época da ditadura, vivenciou a ‘desumanidade’, acompanhou e foi também sujeitado a tratamentos absurdos.
Um relato inacreditável e detalhado de alguém que viveu a realidade do Juquery e com a ajuda do jornalista Daniel Navarro Sonim conseguiu trazer ao conhecimento de muitos leitores tudo o que enfrentou, vivenciou e presenciou, as batalhas e sua trajetória através deste livro para que muitos possam além de conhecer a história do nosso Capa-Branca Walter Farias, também possam ver através de seu relato e seu olhar uma realidade e perceber o quão importante, vital e necessário é o apoio e a luta pelo reforma psiquiátrica!
Conheça você também o desfecho dessa história surpreendente!
Leia aqui a resenha na íntegra
E veja aqui mais informações sobre o livro
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em O Capa-Branca

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s