Vilanova Artigas – Arq!Bacana, 21 de agosto de 2015

CAPA - VILANOVA ARTIGAS

VILANOVA ARTIGAS

Publicado pela editora Terceiro Nome, o livro “Vilanova Artigas” oferece algumas pistas para a trajetória deste grande arquiteto, por meio da publicação de 43 projetos, construídos e ainda existentes, e inclui algumas obras inéditas.

Artigas é um homem do “breve século XX”, nasceu durante a Primeira Guerra Mundial e faleceu antes da queda do muro de Berlim. Partindo desta ideia, a historiadora e filha do arquiteto, Rosa Artigas, após cinco anos de pesquisas nos acervos de Vilanova Artigas, resolveu mostrar os projetos do pai sob o viés histórico. Somente os dois planos urbanísticos, o concurso do Plano Piloto de Brasília e a proposta de reurbanização do Vale de Anhangabaú, não foram executados e integram a seleção apresentada.

Os projetos feitos a lápis nos anos de 1940, por exemplo, revelam uma improvável modernidade com sabor artesanal, evidência da contradição entre a ideia, a linguagem e os meios de fazer típicos da modernidade no Brasil. Para sugerir essa leitura e assinalar a apresentação do material histórico, o projeto gráfico tratou os desenhos deixando visíveis as marcas do tempo.

As obras foram organizadas por tipo de programa – casas, apartamentos, escolas, edifícios comerciais e institucionais, conjuntos habitacionais, planos e equipamentos urbanos – dispostas em ordem cronológica dentro de cada tema.

A forma como os projetos estão apresentados possibilita revelar com mais clareza os pontos de inflexão, as continuidades e as retomadas de caminhos a partir da análise de objetos construídos em condições semelhantes quanto a dimensões, ao uso, aos meios técnicos e à relação com o entorno construído, considerados na obra de um único arquiteto.

Nascido em Curitiba e radicado em São Paulo, Vilanova Artigas deixou a sua marca em grandes obras que guardam a memória de sua passagem pela capital paulista. Entre elas, o Edifício Louveira, no bairro de Higienópolis; e o Estádio do São Paulo Futebol Clube no bairro do Morumbi (1952). Ainda se destaca o prédio da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP).

Veja aqui a matéria postada no site Arq!Bacana

E confira aqui mais informações sobre o livro

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Vilanova Artigas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s