Reminiscências dos quilombos | RURIS – Revista do Centro de Estudos Rurais (UNICAMP), v. 5, n. 2 (2011)

Imagem

REMINISCÊNCIAS DOS QUILOMBOS TERRITÓRIOS DA MEMÓRIA EM UMA COMUNIDADE NEGRA RURAL

Marcelo Moura Mello

São Paulo: Terceiro Nome, 2012

PAULA BALDUINO DE MELO

Em tempos de desqualificação da reivindicação de direitos por comunidades quilombolas no Brasil e na América Latina, uma obra que ressalta a dimensão criativa da memória é meritória. Em diversos pontos da diáspora africana, comunidades negras lutam pela garantia de territórios ancestrais. Nesses enfrentamentos, as estratégias contrárias vão desde ameaças e ações de violência explícita direcionadas aos quilombolas a construções retóricas que desvalorizam a dimensão oral, plataforma primordial de registro da trajetória de tais comunidades, ao questionar os procedimentos jurídico- legais para a identificação, o reconhecimento e a regularização dos territórios de remanescentes das comunidades de quilombos.

Leia aqui a continuação da resenha

E confira aqui mais informações sobre o livro

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Reminiscências dos quilombos - Territórios da memória em uma comunidade negra rural

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s