Dançando com o inimigo – blog Conta uma História, 18 de junho de 2014

Imagem

Jovem vence o bullying

Livro põe o bullying no devido lugar. Em “ Dançando com o inimigo” , o escritor, jornalista e ator Vinicius Campos mostra como esta prática assustadora pode ser interrompida numa história que retrata o surgimento de uma bela amizade entre dois jovens que vivem em universos completamente opostos. As ilustrações são de Marcelo Masili.

Até começar a ler o mais recente livro lançado pela Editora Terceiro Nome, pensei que teria em mãos mais uma leitura de crítica ao bullying com um personagem maltratado por amigos ou familiares egoístas, mal educados e violentos. Mas fui surpreendida pela maneira que o autor Vinícius Campos conduziu a história que criou a partir de sua experiência pessoal na infância e agora transformou pela maneira amadurecida de encarar a vida.

Há muitas formas de evitar o bullying e até mesmo de não deixar esta prática se concretizar.   As crianças e os adolescentes precisam saber disso, daí a razão de ser do livro em questão “Dançando com o inimigo”. Nesta história, a arte transformou o agressor e o desprendimento poupou a vítima.

Bruno e Xande são garotos da mesma idade que moram na mesma rua e freqüentam a mesma escola. Só que as semelhanças acabam aí. Bruno pratica balé e tem uma família descontraída que vive da arte no dia a dia: cinema, música, dança e todos sabem festejar a vida.   Já Xande, fã de lutas e artes marciais, mora em uma casa que lembra um quartel onde só se ouve ordens e gritos de guerra.

Mas, um dia, o destino dos dois colegas se cruza e provoca a violência. Como conseqüência, Bruno terá que aprender a gostar de si mesmo do jeito que é e Xande descobrirá como respeitar as diferenças. Apesar da aproximação traumática no início, eles acabam se tornando amigos e ingressando no mundo da tolerância.

Embora seja uma ficção, “ Dançando com o inimigo” traz à tona uma realidade ainda muito presente no Brasil e no mundo. “Sofri gozações em uma época em que nem existia a palavra bullying. Então decidi escrever uma história bacana para que menos pessoas sintam na pele esse tipo de brincadeira desagradável e sem sentido”, revela o autor. Ele acredita que pais, educadores e as próprias crianças e adolescentes, ao receberem o livro, possam conversar naturalmente sobre respeito e tolerância.

Vinicius Campos, brasileiro radicado em Buenos Aires desde 2005, tem livros publicados no Brasil e na Argentina. Também faz palestras para jovens e crianças sobre processo criativo literário.

Confira aqui o post na íntegra

E veja aqui mais informações sobre o livro

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Dançando com o inimigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s