Sorbets e sorvetes – Brasilia no prato, março/2013

Capa sorbet final

 

“A relação da mineira Rita Medeiros com os frutos brasileiros, em especial do cerrado, é antiga. Desde a infância, quando o avô voltava para casa, depois da pescaria ou caçada, pela mata de Araguari (MG), e abria as mãos diante dos curiosos olhos da neta com punhados de jatobá, mangaba, gabiroba e araticum. “Quando era araticum eu adorava”, relembra Rita.

Os anos se passaram, Rita veio morar em Brasília, trabalhou um bocado de tempo como jornalista, e quando resolveu abrir seu próprio negócio, na ponta da língua fervilhavam os sabores do cerrado e a lembrança dos sorvetes boleados na casquinha. Naquela época, na pequena cidade mineira, diante do atento sorveteiro, das máquinas verticais, com bojo de cobre, eram retirados os sorvetes com o auxílio de grandes pás de madeira. Esse modelo de sorveteria foi reproduzido por ela na Asa Norte, na comercial da 405.”

Leia mais aqui 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sorbets e sorvetes: uma festa de frutas brasileiras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s