Brasil que resiste – Amanha ou depois (site), setembro/2012

capa brasil que resiste

 

“Há mais de uma década, as cores do artista plástico Rubens Matuck inebriam de lirismo a fotografia documental de João Capobianco. Desde 1997, a dupla atravessa veredas pelo Brasil desconhecido, aquele guardado distante dos olhos. Entre seus insistentes destinos, a Amazônia, onde tudo começou. “Aldemir Martins, artista, quando me viu, um pobre iniciante paulista cheio de arrogância, disse: ‘vá viajar pelo Brasil. Para um artista se formar, precisa conhecer sua terra’. Assim, de madrugada, cheguei a Belém”, lembra Rubens sobre sua visão primeira da cidade paraense, ainda em 1985. Desde então, o artista volta sempre, mas nunca se depara com o mesmo. “Sinto que preciso de muitas vidas para começar a apreender um pouco desta imensidão que se descortina sempre que visito a Amazônia”. Sob curadoria de Rosely Nakagawa, uma preciosa compilação dos registros de viagens da dupla compõe a exposição “João Paulo Capobianco e Rubens Matuck – Aquarela sobre fotografia”, em cartaz do dia 14 a 29 de setembro na Kamara Kó Galeria.”

Leia mais aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Brasil que resiste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s